Sanofi Só para não profissionais de saúde residentes no Brasil

22 alimentos podem ajudar a soltar o intestino

Sofre com intestino preso? Veja alguns alimentos que podem colaborar para evitar o problema

O intestino anda preguiçoso e sem vontade de funcionar? É hora de alterar a alimentação e inserir alimentos que ajudam a regular o intestino para que ele volte a funcionar melhor1.

Para entender melhor, a prisão de ventre é caracterizada quando a pessoa evacua menos de três vezes por semana, além de as fezes se mostrarem endurecidas, bem como um esforço grande ou até mesmo dor para evacuar2. Além disso, é frequente a sensação de evacuação incompleta2.

Para contornar a questão, portanto, é preciso investir em uma alimentação equilibrada, rica em fibras2 e, sem dúvida, hidratar-se corretamente3. Veja abaixo alguns alimentos que contribuem para regular o intestino e cuide da sua saúde.

Frutas

Frequentes na alimentação, principalmente por serem saborosas e práticas para consumir, há frutas especialmente recomendadas para evitar a prisão de ventre, entre elas:

  • Mamão4
  • Caqui4
  • Cajá4
  • Laranja com o bagaço4
  • Uva4
  • Tangerina com bagaço4
  • Abacate4
  • Ameixa5
  • Pera6
  • Kiwi7

Verduras

As principais refeições são ótimos momentos para manter a alimentação equilibrada e, sem dúvida, adequada em fibras. Para isso, as verduras são excelentes:

  • Quiabo4
  • Vagem4
  • Brócolis8
  • Aspargos8
  • Couve manteiga8
  • Espinafre8

Grãos/Cereais

Versáteis, já que os grãos podem estar presentes desde o café da manhã até o jantar, é importante incluir esse tipo de alimento na rotina, pois eles também colaboram para o bom funcionamento intestinal. Veja:

  • Aveia ou farelo de aveia4
  • Ervilha4
  • Feijão4
  • Milho4
  • Arroz integral4
  • Gérmen de trigo4

Remédio para prisão de ventre?

A prisão de ventre também pode ser solucionada com o uso de laxantes9. Dulcolax (bisacodil), por exemplo, é uma opção para esses casos9. Ele age estimulando os movimentos naturais do intestino e aumenta a retenção de líquidos dentro do intestino, o que faz com que as fezes fiquem mais amolecidas e também promove a redução do tempo de trânsito intestinal, o que faz a pessoa visitar o banheiro regularmente.

É sempre importante investigar a causa da constipação consultando seu médico.

Referências

  • 1 - Yang J, Wang HP, Zhou L et al. Effect of dietary fiber on constipation: A meta analysis. World Journal of Gastroenterology. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3544045/ Acesso em 11 de março de 2021.
  • 2 - Mohammad M. H. Abdullah, Collin L. Gyles, Christopher P. F. Marinangeli et al. Dietary fibre intakes and reduction in functional constipation rates among Canadian adults: a cost-of-illness analysis. Food & Nutrition Research. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4677277/ Acesso em 11 de março de 2021.
  • 3 - Barry M. Popkin, Kristen E. D’Anci, Irwin H. Rosenberg. Water, Hydration and Health. Nutrition Reviews. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2908954/ Acesso em 11 de março de 2021.
  • 4 - Villela NB, Rocha R. Manual básico para atendimento ambulatorial em nutrição. Scielo Books. Disponível em: http://books.scielo.org/id/sqj2s/pdf/villela-9788523208998-02.pdf Acesso em 11 de março de 2021.
  • 5 - Lever E, Cole J, Scott SM et al. Systematic review: the effect of prunes on gastrointestinal function. Alimentary Pharmacology & Therapeutics. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/25109788/ Acesso em 11 de março de 2021.
  • 6 - Reiland H, Slavin J. Systematic Review of Pears and Health. Nutrition Today. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4657810/ Acesso em 11 de março de 2021.
  • 7 - Smith VW, Dellschaft N, Ansell J et al. Mechanisms underlying effects of kiwifruit on intestinal function shown by MRI in healthy volunteers. Alimentary Pharmacology & Therapeutics. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6590324/ Acesso em 11 de março de 2021.
  • 8 - Bashir A, Sizar O. Laxatives. StatPearls Publishing. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK537246/ Acesso em 11 de março de 2021.
  • 9 - Dulcolax® (Bula do produto]. Sanofi-Aventis Farmacêutica Ltda. Disponível em: https://www.dulco.com.br/static_resources/bulas/bula-dulcolax-paciente.pdf Acesso em 11 de março de 2021.

Você está saindo do site Sanofi Aventis Farmacêutica Ltda, (doravante “sanofi-aventis”) pertencente ao Grupo Sanofi.

O site vinculado não está sob o nosso controle, assim como não temos responsabilidade pelos conteúdos fornecidos, processamento de dados pessoais ou qualquer alteração ou atualização desses sites.

Este link é fornecido para você apenas como uma conveniência.

Você quer continuar?