Sanofi Só para não profissionais de saúde residentes no Brasil
A flatulência, também denominada gases, é um dos problemas digestivos mais frequentes e embaraçosos. Em Portugal, afeta 33% da população<sup>1</sup> de forma frequente, e tem impacto na qualidade de vida e no dia-a-dia das pessoas. As mulheres têm maior probabilidade<sup>2</sup> de sofrer do problema. Os gases são também um dos sintomas mais frequentes durante a menstruação. Cerca de 40% das mulheres sentem um agravamento dos sintomas antes e durante o período menstrual. Grávidas<sup>3</sup>, idosos<sup>2</sup> e crianças<sup>4</sup> são igualmente afetados pelo excesso de gás.

Sobre os gases

A flatulência, também denominada gases, é um dos problemas digestivos mais frequentes e embaraçosos. Em Portugal, afeta 33% da população1 de forma frequente, e tem impacto na qualidade de vida e no dia-a-dia das pessoas. As mulheres têm maior probabilidade2 de sofrer do problema. Os gases são também um dos sintomas mais frequentes durante a menstruação. Cerca de 40% das mulheres sentem um agravamento dos sintomas antes e durante o período menstrual. Grávidas3, idosos2 e crianças4 são igualmente afetados pelo excesso de gás.

O que são gases?

Os gases são ar no seu aparelho digestivo. Os gases são compostos principalmente por dióxido de carbono, oxigénio, azoto, hidrogénio e, ocasionalmente, metano. Ao contrário dos arrotos, os gases que são expulsos através do ânus (flatos) podem conter enxofre, que contribui para gerar odores desagradáveis.

Os gases são provocados essencialmente por estilos de vida e comportamentos desadequados5, tais como:

  • Stress
  • Refeições irregulares, apressadas
  • Consumo excessivo de:
    • alimentos com elevada capacidade de fermentação ou com lactose
    • gorduras
    • bebidas gaseificadas
    • pastilhas elásticas
    • álcool
    • tabaco
  • Deitar-se logo após as refeições
  • Falta de exercício físico.

Perturbações no aparelho gastrointestinal tais como:

  • prisão de ventre ou diarreia aguda
  • problemas de digestão ou intolerâncias alimentares (ex: lactose)

também podem estar na origem dos gases.

Quando as pessoas falam sobre ter gases, os sintomas geralmente incluem barriga inchada, cólicas /dor / desconforto abdominal, eructação (arrotos), sensação precoce de saciedade e meteorismo (expulsão de gases). Ter gases pode ser bastante desconfortável ou doloroso.

No entanto, quando não é possível melhorar o estilo de vida, Dulcogas pode ser uma ajuda.

1. SSI, Brand Performance Tracking research 05-12/2013, n=1.500, data on file. 2. Agrawal A, Whorwell PJ. Review article: abdominal bloating and distension in functional gastrointestinal disorders-epidemiology and exploration of possible mechanisms. Aliment Pharmacol. Ther. 2008, Jan 1; 27(1): 2-10 [R08-2145]. 3. Larry C. Gilstrap III, MD and Bertis B. Little, MA, PhD. Gastrointestinal medications during pregnancy. 1992; (18): 277-291. 4. Sferra TJ, Heitlinger LA. Gastrointestinal gas formation and infantile colic. Pediatr Clin North Am. 1996 Apr; 43(2): 489-510. 5. Azpiroz F, Malagelada JR, Abdominal bloating, Gastroenterology. 2005 Sep; 129(3): 1060-78. [R08-2147].

Você está saindo do site Sanofi Aventis Farmacêutica Ltda, (doravante “sanofi-aventis”) pertencente ao Grupo Sanofi.

O site vinculado não está sob o nosso controle, assim como não temos responsabilidade pelos conteúdos fornecidos, processamento de dados pessoais ou qualquer alteração ou atualização desses sites.

Este link é fornecido para você apenas como uma conveniência.

Você quer continuar?